c_habitacao1Auxílios em Tempos de Emergências são direitos de Todos os Cidadãos e o que pouco gente sabe é que é possível ser amparado (a) perante um período de Dificuldade, enquanto aguardam soluções pela prefeitura ou Estado, toda família tem direito a Dignidade Humana e esse direito não pode ser negado.
Direito que poucas pessoas conhecem:
 Bolsa-Aluguel: Algumas prefeituras como a de São Paulo, Sorocaba, Itu, Votorantim, Santos, Indaiatuba, São Roque, São José do Rio Preto e outras podem conceder auxílio moradia em casos emergenciais, como por exemplo: Desemprego, Impossibilidade de Pagamento de Aluguel, Catástrofes como Enchentes, Desmoronamentos, Interdição, etc. Nesse caso o cidadão tem direito de receber um valor como auxílio.

 Este auxilio deve ser solicitado nas Prefeituras e ou no CRAS (Centro de Referencia e Assistência Social) o pagamento do Auxilio Moradia varia entre R$360,00 e R$590,00 dependendo da Cidade em que a pessoa mora, o auxilio é pago normalmente durante 1 ano que é o prazo para a prefeitura encaixar a família em algum programa habitacional como: CDHU, COAHB E Outros. Um ano é o prazo para a prefeitura regularizar a situação da família, mas em alguns caso a prefeitura acaba não oferecendo Bolsa-Aluguel por questões burocráticas pois o auxilio deve ser aprovado pela câmara dos vereadores do município. Algumas cidades porém nunca realizaram esse tipo de auxilio, não por não oferecerem, mas sim por falta de procura pelo Auxílio-Moradia ou Bolsa Aluguel.
  Poucas pessoas sabem que este Auxilio existe e por isso acabam nunca procurando, o que podemos dizer é que para se consiguir o processo é bem burocrático, as pessoas não o conhecem e por isso nunca procuram, as vezes você tem que se dirigir a secretária de Habitação ou CRAS várias vezes, mas o Bolsa-aluguel é um direito do cidadão, se você comprovar que não consegue pagar aluguel, o poder público deverá assim intervir, realizando pagamento de Auxilio-Aluguel para manter a dignidade humana para com seus Cidadão. O município nesse caso é o responsável para fazer com que isso aconteça.