carteira-com-cartoes-de-creditoOs Cartões de Créditos são meios seguros de pagamento, a insegurança dos cartões de crédito partem dos próprios clientes que não os usam com segurança, para se ter uma ideia a maioria dos clientes com Cartão de Crédito com Chip, anda com a senha juntamente no cartão, quando não é pior, muitos anotam a senha na tarja de trás do cartão. Muitos não se preocupam em decorar quatro ou seis números da senha do cartão e aí já viu né, no caso de perda ou roubo de cartão, o ladrão está com a faca e o queijo na mão, ou melhor, com a Senha e o Cartão.

O que fazer em caso de perda ou roubo de Cartão de Crédito

A Primeira coisa a fazer se o cartão foi roubado juntamente com a senha é ligar no telefone da administradora do seu Cartão de Crédito e solicitar o bloqueio imediatamente, depois o consumidor deve ir a uma delegacia e fazer um boletim de ocorrência, para ter os fatos documentados, informe no boletim o horário que você solicitou o bloqueio do cartão na administradora.

Cartão de Crédito sem Chip

O Cartão de Crédito sem chip não é seguro pois o marginal pode apresentar algum documento falso no momento da compra, e se além do cartão roubado você tiver o seu RG, pode facilitar ainda mais a vida do malandro. A maioria dos bancos hoje já trocou todos os seus cartões de crédito sem chip pelos com chip, mas existem muitas administradoras de cartões  que ainda não a fizeram e continuam emitindo cartões sem chip por conta do custo. Banco que pensa na segurança do cliente só emite cartão com Chip.

Compras que podem ser canceladas

Se o marginal usar o seu cartão de crédito para fazer uma compra pela internet por exemplo, se informa a administradora a tempo ela pode ser cancelada.

Saques feito com o Cartão de Crédito

A maioria dos cartões de crédito além do limite para compras com o cartão tem um limite para saque em dinheiro nos caixas eletrônicos, na maioria dos casos de perda ou roubo de cartão a primeira atitude do marginal é sacar esse limite disponível. O seguro de muitos cartões de crédito, não cobrem este tipo de ação, pois alegam que o limite de saque não faz parte da função crédito do cartão e sim de um empréstimo do banco emissor, mas saiba que se você tiver seguro pode conseguir na justiça que o banco o indenize por isso pois o cartão utilizado foi um só, então ambos os serviços deveriam estar segurados.

Seguro do Cartão de Crédito

Muitas seguradoras oferecem seguros mensais a preços muito baixos, mas grande parte dos consumidores não aderem aos seguros por achar que nunca irá acontecer com eles, além disso a maioria acha que o seguro é mais uma tarifa desnecessária do cartão de crédito assim como a anuidade. Porém existem consumidores propícios a roubos e perdas, principalmente aqueles que andam com a senha anota junto com o cartão, esses consumidores devem ter seguro em todos os cartões ou então mudar os hábitos e passar a decorar a própria senha.

A Senha deve ser memorizada

Você já deve estar cansado de ler e ouvir sobre isso da sua administradora, seja nas faturas, no contrato, em vários lugares as administradoras de cartão aconselham o cliente a não andar com a senha anotada e sim memoriza-las, é para a sua própria segurança, muitas administradoras permitem a troca de senha, escolha então uma senha que seja fácil de você memorizar, mas nunca, jamais, ande com ela anotada, pois é muito perigoso, pois nos cartões com chip o consumidor não precisa assinar nem apresentar seu RG, basta que ele digite a senha do cartão que é a sua assinatura eletrônica.

Cartão de Crédito roubado sem Seguro

Esta na Lei, que em caso de fraude ou compras não feita pelo consumidor que ele não é obrigado a pagar, caso não reconheça alguma compra feita com seu cartão o consumidor deve comunicar a Administradora do Cartão de Crédito e não deve paga-la. A única situação em que o cliente pode ser obrigado a pagar uma compra não feita por ele, é se o cartão for de chip e senha, e o consumidor perder ou for roubado com ela anotada, pois nessa situação quem quebrou a segurança do cartão e facilitou a ação dos bandidos foi o próprio cliente. A não ser que a senha não estivesse anota e o consumidor for assaltado obrigado a falar a senha, nessa situação a culpa não é do consumidor.

Agora nessas situações: Cartão sem senha roubado, como o marginal conseguiu efetuar compras se passando por você, quando é obrigado a apresentação do RG?, Compras pela internet, como o bandido conseguiu comprar sem confirmar seu endereço?. Nessas e outras situações a culpa é da administradora do cartão de crédito e mesmo que você não tenha seguro perda e roubo, ela que deverá arcar com o prejuízo, pois a responsabilidade sobre a segurança e combate a fraudes no cartão é dela e não do consumidor, ela tem que criar meios seguros para impedir fraudes. A Administradora tem que oferecer um produto seguro ao consumidor, o consumidor só é responsável pela compra caso os meios de segurança como cartão de chip por exemplo, for fornecido mais o consumidor andar com a senha anotada ou fornecer espontaneamente a estranhos. O Consumidor só é responsável pela compra não feita por ele quando a quebra da segurança do cartão for feita por ele mesmo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado