miopeA miopia é um distúrbio visual que afeta muitas pessoas, ela pode ser corrigida através de uma pequena Cirurgia que dura em média 20 minutos e é considerada simples pelos médicos, na rede particular uma cirurgia para correção de Miopia pode chegar a custar de R$1.000,00 à R$7.000,00 por olho dependendo do grau, técnica utilizada e da clínica. Felizmente esse procedimento já é oferecido pelo SUS (Sistema Único de Saúde) em algumas regiões esse procedimento é demorado, já em alguns municípios esse atendimento é mais rápido, principalmente naqueles que contatam com Hospitais ou Bancos de Olhos, pois são especializado neste tipo de cirurgia e também costumam realizar mutirões cirúrgicos para reduzir a fila de espera para este tipo de procedimento.

Hoje em dia existem várias técnicas cirúrgicas para a correção de miopia como Laser: Lasik, Lasek, PRK, Artisan, CK e até mesmo implantes de lentes intraoculares. Um médico oftalmologista saberá indicar qual o procedimento mais recomendado de acordo com o estágio da miopia e também as técnicas locais disponíveis.

Como fazer pelo SUS (Sistema Único de Saúde)

É aconselhável que o interessado procure um médico oftalmologista do Sistema Único de Saúde (SUS) ele avaliará o seu caso e se considerar necessário poderá fazer o encaminhamento para a realização da cirurgia de miopia através do SUS. Se a sua cidade não tiver hospital especializado neste tipo de cirurgia a Secretária de Saúde do Município fará o encaminhamento para uma cidade próxima na qual esse procedimento pode ser realizado. Após o pedido do encaminhamento o paciente vai para uma fila de espera de acordo com a demanda. A posição nesta fila poderá também variar de acordo com a gravidade do problema pois em casos mais extremos a miopia pode levar até a cegueira.

Na rede particular

Em todo o país, existem milhares de clínicas particulares que são especializada neste tipo de cirurgia, o valor médio cobrado é de R$1.000 à R$7.000 por olho operado, no entanto a maioria delas possui convênios com bancos e financeiras que possibilitam o parcelamento da cirurgia, ou pagamento por meio de cheque ou cartão de crédito.

A Cirurgia de Miopia é recomendada na maioria dos casos apenas para maiores de 21 anos e que não tenham problemas autoimunes como diabetes, vitiligo, hepatite autoimune, etc, e que também estejam com o Grau de Miopia estabilizado, caso contrário a cirurgia não adiantará nada, ela também não é indicada para aqueles pacientes que tenham a córnea muito fina, embora com os avançados da medicina já existem cirurgias próprias para esses casos.

Como é feita a cirurgia de Miopia a Laser

A cirurgia é relativamente simples, dura em média menos de 20 minutos.

O médico prende as pálpebras do paciente com um grampo chamado de “bléfaro” para evitar que o paciente fique piscando durante a cirurgia. Depois é aplicado um colírio anestésico que torna o procedimento “indolor”, se o paciente for muito nervoso pode ainda ser usado um sedativo para que ele fique mais relaxado durante a cirurgia. O próximo passo é cortar uma pequena “tampa” da membrana que reveste a córnea, depois entra em ação o Laser, a aplicação dura em média apenas 30 segundos dependendo do grau de miopia (30 segundos são mais que suficiente para corrigir até 10graus de miopia), depois o médico coloca a “tapinha” de volta, não é necessário dar pontos, pois o “epitélio da córnea” cicatriza muito rápido, no dia seguinte a cirurgia já é possível enxergar normalmente.

O método mais utilizado hoje em dia é o Lasik (Laser Assisted in Situ Keratomileusis), que é um método muito preciso que remodela a córnea através de um Laser que além de deixar a córnea mais fina faz o procedimento corretivo da miopia.

Além da miopia um outro procedimento frequente realizado pelo SUS é a Cirurgia de Catarata.

Enfim o paciente após realizar a cirurgia consegue se ver livre da imagem desfocada e dos terríveis óculos ou lentes de contato. Em alguns casos pode acabar ficando algum grau de miopia mesmo após a cirurgia, isso se deve ao fato da cicatrização ser diferente de pessoa para pessoa, mas na maioria dos casos o paciente não precisará usar óculos ou lentes de contato. Outro detalhe importante é que a Cirurgia de Miopia não é definitiva, pois a doença pode continuar a desenvolver, a cirurgia apenas retardará o processo de miopia.

Hoje o SUS já oferece muitos procedimentos que antes eram oferecidos apenas pelas clínicas e hospitais particulares. Segundo uma pesquisa americana feita pela Transitions Optical 75% da população tem algum problema ou doença ocular, sendo a miopia responsável por mais de 37% dos entrevistados, depois vem o Astigmatismo com 30%.

Cura sem cirurgia

Com o avanço da medicina já surgem pesquisas que prometem nos próximos anos curar a miopia sem a realização de cirurgia, o estudo é de uma Universidade Estadual de Nova York (SUNY), eles estão trabalhando em um protótipo de lente de contato que foca a luz de uma forma diferente (específica) fazendo com que a luz seja focada na retina periférica induzindo o crescimento da estrutura ocular do paciente “remodelando os olhos” da maneira desejada. No entanto o processo desse tipo de correção é lento, mais os pesquisadores estão otimistas para o avanço da técnica, se tudo der certo em breve a nova técnica deve estar disponível para oftalmologistas gerir a progressão da miopia principalmente em crianças. O que se sabe até agora é que o estímulo de crescimento da estrutura ocular é lento mais ele reduz a progressão do distúrbio visual retardando a miopia.

Por enquanto a melhor saída para se ver “livre da miopia” é a realização de uma cirurgia a laser, se você não pode pagar, procure um médico oftalmologista do SUS (Sistema Único de Saúde) e peça um encaminhamento para este tipo de cirurgia. É importante salientar que a recomendação depende do caso, por isso a consulta com um médico é imprescindível, isso porque só ele poderá indicar o melhor tratamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado