comissarios-de-vooA aviação comercial brasileira está cada vez mais em acensão por isso cada vez mais tem surgido a necessidade de contratação de Comissários de Bordo que são aqueles profissionais que trabalham no Avião ajudando e informando os passageiros sobre procedimentos de segurança além de servir refeições aos passageiros da aeronave. Esses profissionais são muito bem remunerados, no entanto a profissão acaba tomando muito tempo, tira um pouco a vida social da pessoa já que ela fica voando o tempo todo. O lado bom é que você acaba conhecendo muitos lugares do Brasil e até mesmo do exterior no caso de vôos internacionais. Nessa matéria iremos falar como se tornar um Comissário de Bordo, quanto custa em média o curso de formação e também um pouco sobre o mercado de trabalho.

Diferença entre Comissário de Voo e Aeromoça

O termo Aeromoça foi muito utilizado no passado, no entanto hoje esse mercado já não é mais exclusivo para mulheres, como o termo “Aeromoço” é considerado muito estranho foi atribuído uma nova nomenclatura a profissão o chamado “Comissário de Bordo” ou também conhecido Comissário de Voo. Apesar de existirem mais Comissárias de Bordo do que Comissários masculinos tem aumentado cada vez mais o número de contratações de profissionais homens pois o mercado tem se diversificado muito e hoje não é mais exclusivo das mulheres. Algumas companhias aéreas inclusive tem equilibrado este número, o que prova que o mercado de trabalho está cada vez mais igualitário.

Falar outro idioma

Para se tornar um Comissário (a) de Voo Doméstico Nacional não é necessário falar outro idioma. No entanto algumas companhias exigem uma segunda língua. Basicamente em vôos nacionais não é necessário falar outro idioma. Já para vôos internacionais falar o inglês ou mais outro idioma é indispensável.
Se você não fala inglês pode fazer o curso e atuar primeiramente em voos nacionais, porém é recomendado que mesmo optando por trabalhar apenas no Brasil que você faça pelo menos um cursinho de inglês para aprimorar a sua qualificação profissional.

Salário de um Comissário (a) de Bordo

O salário fica em torno de R$1.500,00 e R$5.000,00 para voos nacionais. Para os internacionais o valor varia muito de acordo com a jornada de trabalho e as horas de voo. O que se ganha muito é com Refeição, Hotel, transporte, etc.

O Curso

O preço do curso de Comissário de Voo varia muito, mas normalmente de R$1.500,00 a R$2.500,00 a duração varia de 3 a 4 meses de acordo com a carga horária do curso. Você irá receber treinamento teórico e prático sobre: Primeiros Socorros, Técnicas de Sobrevivência, Etiqueta Social, Navegação Aérea, Meteorologia, Emergência, História da Aviação, Sistema de Aviação, Conhecimentos Gerais de Aeronaves, Direito Aeronáutico e Ética Aeronáutica.
O Curso de Comissário de Bordo aplicado no Brasil não é necessário para se trabalhar em uma empresa Aérea Internacional, isso vária de acordo com a empresa e o país de origem. Se você conseguir um emprego em uma companhia aérea brasileira poderá voar em voos nacionais por dois anos, para só então poder realizar voos internacionais caso a companhia aérea tenha destinos fora do país.

Após a aprovação no Curso de Comissário (a) de Voo o candidato poderá se candidatar a uma vaga de emprego em uma Companhia Aérea, caso seja aprovado a mesma irá conceder um treinamento (estágio), após comprovado o estágio deverá realizar um exame prático aplicado por profissionais da ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) que emitirá o CHT (Certificado de Habilitação Técnica) a partir daí o comissário poderá ser efetivado ou contratado por outra empresa.