bolsa-familiaO Bolsa Família concede um auxílio que varia de R$32 a R$306 por mês. Quanto menor a renda per capita da família maior será o valor do benefício concedido pelo Governo Federal. Através do programa de distribuição de renda milhares de famílias já conseguiram sair da pobreza extrema e hoje tem uma condição de vida melhor. O dinheiro do programa na maioria das vezes é utilizado para comprar alimentos, materiais escolares e remédios. Pela internet é possível fazer a consulta pública de beneficiário, faz parte da transparência do Governo Federal para demonstrar melhor onde está indo o dinheiro investido no programa. Qualquer pessoa poderá consultar com base no nome ou PIS/NIT se uma determinada pessoa está cadastrada no programa e qual o valor que ela recebe mensalmente, bem como o extrato do valor pago em cada mês de acordo com o ano exercício pesquisado na consulta.

 

Consulta por nome de beneficiário do Bolsa Família

Para consultar se você ou alguém que você conhece está cadastrado no bolsa família e qual o valor do benefício, acesse o acesse o Portal da Transparência. No formulário de pesquisa “Consulta Temática” selecione a opção “Bolsa Família” em seguida selecione o ano que deseja efetuar a consulta, na página seguinte será apresentado os estados e o valor que cada um recebe do programa, selecione o estado de residência do beneficiário que deseja efetuar a consulta, posteriormente selecione o município e depois o nome da pessoa consultada. O sistema de consulta mostra mês a mês o valor que a pessoa cadastrada no Bolsa Família recebeu do programa.

Se você se cadastrou a pouco tempo no Programa Bolsa Família porém seu nome ainda não consta na lista de beneficiários, procure o departamento do Bolsa Família na sua região no qual realizou o cadastro (normalmente feito no CRAS), para verificar a previsão de cadastro efetivo no programa.

O dinheiro do bolsa família é pago por meio de um cartão magnético emitido pela Caixa Econômica Federal, todo mês os beneficiários recebem um valor que varia de R$32 a R$306 de acordo com a renda familiar. É importante manter sempre o cadastro atualizado junto ao programa, evitando assim ficar sem o pagamento, qualquer aumento ou diminuição da renda familiar deverá ser informado ao órgão responsável pelo programa no seu município. A consulta pública serve de base para tornar o programa mais transparente, pois todos os meses milhões de reais são gastos para pagar os beneficiários.