O Trabalhador com carteira assinada todo mês recebe na conta vinculado ao FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) 8% do salário que são depositados na Conta FGTS do trabalhador. Quem ganha R$1.000,00 por mês por exemplo recebe R$80,00 por mês que devem ser depositados pelo empregador, ao ano daria R$960,00 mais os rendimentos. O Fundo de Garantia por tempo de Serviço pode ser usado em caso de catástrofes, aposentadoria, doenças graves, falecimento do trabalhador, compra da casa própria, demissão e para linhas de créditos em reforma ou construção. Caso o trabalhador precise sacar o seu FGTS deverá procurar a Caixa Econômica Federal e fazer a sua solicitação, lembrando que somente nos motivos informados acima o valor é liberado. Vamos falar hoje sobre a liberação do FGTS para Reforma ou Construção.

 

Sacar o  FGTS para Reforma ou Construção

O Governo faz muita propaganda que o valor agora pode ser usado para reforma ou construção, instalação de hidrômetros, aquecimento solar, acessibilidade etc. Porém não é o valor do seu FGTS que será sacado, e sim o Governo permite que o trabalhador use uma linha de crédito com juros baixos para reformar ou construir. O Valor de juros cobrados anualmente é de 8,5% mais uma taxa de risco de 0,8% o prazo de financiamento máximo é de dez anos.
Infelizmente ao invés do governo liberar o próprio valor disponível no FGTS do trabalhador ele decidiu liberar uma linha de crédito com juros reduzidos. O valor que pode ser emprestado nessa nova modalidade de linha de crédito através do FGTS é de até R$20.000,00 (Vinte mil reais).

Para conseguir a linha de crédito utilizando o FGTS é necessário procurar a Caixa Econômica Federal com todos os seus documentos pessoais e fazer a sua solicitação de crédito através do preenchimento da proposta na própria agência. Para conseguir utilizar essa linha de crédito você precisa ter mais de três anos de FGTS. O Governo deveria liberar os próprios valores do FGTS para que o trabalhador não pague juros, porém o governo entende que o valor principal do FGTS deve ser guardado para casos emergências pois funciona como uma reserva para o trabalhador, então decidiu-se liberar uma linha de crédito com juros baixos para que o trabalhador pudesse reformar ou construir usando uma linha de crédito do próprio FGTS, e com isso também a Caixa conseguiu mais um produto financeiro para aumentar a sua arrecadação. Para quem pretendia entrar em um empréstimo ou financiamento a juros altos a melhor opção é recorrer agora ao FGTS para construção e reforma.