bebe-confortoÉ Lei, obrigatório o uso de Bebê-Conforto ou cadeirinha para os Bebês e crianças até os 7 anos e meio ou até atingirem 1,45 m de altura. A Lei tem como fundamento preservar o máximo possível a vida de uma criança, garantir segurança no transporte. A maioria dos acidentes envolvendo bebês e crianças que não usam a cadeirinha é fatal, pois a criança acaba se machucando gravemente ou até mesmo sendo jogada para fora do veículo. Muitos são contrários a Lei pois ela acaba obrigando os pais a comprarem o Bebê-Conforto ou a cadeirinha. Quem for pego fazendo o transporte sem a mesma será multado em R$191,54 e ainda perderá sete pontos na carteira, será necessário também um novo veículo para fazer o transporte da criança conforme determina a Lei.

Foto Divulgação / Criança Segura

Como usar o Bebê Conforto

O bebê conforto é uma cadeirinha que deve ser usado no banco de trás na posição de costas para o veículo, preferencialmente deve ser usada no banco traseiro central do veículo, para reduzir o risco de impactos dos passageiros da frente sobre a criança. O bebê conforto deve ser utilizado até os 13kg (dependo do modelo), após essa idade será necessário adquirir uma “cadeirinha”.

Cadeirinha de criança
São poltronas para acomodar as crianças, essas devem ser usadas voltadas para a frente do veículo. Deverão ser usadas até a criança completar sete anos e meio ou quando ela tiver mais de 1,45 m de altura.

Posso usar a criança no banco da frente quando o veículo não tiver cinto de três pontas?

O DENATRAN (Departamento Nacional de Trânsito) com base na resolução 277 de 28 de Maio de 2008, determina que “Na hipótese de a quantidade de crianças com idade inferior a dez anos exceder a capacidade de lotação do banco traseiro, será admitido o transporte daquela de maior estatura no banco dianteiro, utilizando o cinto de segurança do veículo ou dispositivo de retenção adequado ao seu peso e altura.”
“Parágrafo único. Excepcionalmente, nos veículos dotados exclusivamente de banco dianteiro, o transporte de crianças com até dez anos de idade poderá ser realizado neste banco, utilizando-se sempre o dispositivo de retenção adequado ao peso e altura da criança.“
“Art. 3°. Nos veículos equipados com dispositivo suplementar de retenção (airbag), para
o passageiro do banco dianteiro, o transporte de crianças com até dez anos de idade neste
banco, conforme disposto no Artigo 2º e seu parágrafo, poderá ser realizado desde que
utilizado o dispositivo de retenção adequado ao seu peso e altura e observados os seguintes
requisitos:”
“I – É vedado o transporte de crianças com até sete anos e meio de idade, em dispositivo
de retenção posicionado em sentido contrário ao da marcha do veículo.”
“II – É permitido o transporte de crianças com até sete anos e meio de idade, em
dispositivo de retenção posicionado no sentido de marcha do veículo, desde que não possua
bandeja, ou acessório equivalente, incorporado ao dispositivo de retenção;”
“III – Salvo instruções específicas do fabricante do veículo, o banco do passageiro
dotado de airbag deverá ser ajustado em sua última posição de recuo, quando ocorrer o
transporte de crianças neste banco.”

 

Sobre o Airbag

Embora a lei até permita o uso da cadeirinha no banco da frente nos casos excepcionais, especialistas afirmam que não é seguro colocar a criança na parte dianteira do veículo, principalmente se o veículo for equipado com sistema de Airbag. Mas se não tiver outra opção, recomenda-se recuar bastante o banco dianteiro para a parte de trás.

A vida do seu filho não tem preço, pense que por trás dessa Lei está a vida de seu filho, pois segurança nunca é demais. Bebês e crianças são muito frágeis, qualquer batida ou impacto pode fazer um grande estrago, inclusivo tirando a vida de seu filho. Pense na segunça acima de tudo.