emprestimo-dinheiroTer o nome sujo limita o consumidor ao consumo. Se você tentou abrir um crediário, comprar um Carro ou uma Moto, e teve a informação que seu nome estava restrito, então é hora de saber como regularizar a situação e limpar seu nome para ter acesso a crédito novamente. Uma coisa importante para se saber, é que muitos sites da internet prometem limpar o nome, quando na verdade tudo se passa de golpe, explicaremos aqui como você mesmo pode limpar seu nome sem depender de nenhuma empresa ou profissional. Já que você deve nada melhor do que quitar a dívida por conta própria, afinal ninguém merece ter que fazer uma dívida contratando alguém ou alguma empresa para limpar o nome. Confira abaixo como você pode limpar seu nome:

Como saber para quem tanto devo?

Se você não sabe quais empresas incluíram seu nome nos órgãos de proteção ao crédito, o primeiro passo é a consulta de devedores. Ela pode ser feita gratuitamente nos próprios órgãos (SPC, SERASA, em algumas cidades existem as Associações Comerciais, conveniadas aos Órgãos de Proteção ao Crédito) basta dirigir-se a um desses órgãos na qual seu nome está restrito e solicitar a consulta gratuita de seu CPF, você receberá um informativo com todas as empresas na qual seu nome está negativado, diante dessa informação basta procurar o credor para negociar a dívida. É importante saber para quem você deve pois muitas dívidas são vendidas para empresas de cobrança, é o caso da Atlântico Fundo especializada em cobranças de dívidas, ela compra as dívidas dos consumidores. Muitos consumidores tem reclamado que deviam para outras empresas e depois depararam com uma Cobrança dessa Atlântico Fundo de Investimentos, então é importante saber para quem está devendo para negociar os débitos e ficar com o nome limpo, recuperando assim o crédito no mercado.

Negociação de Dívidas

Uma das primeiras atitudes ao ter ciência do seu credor é tentar fazer uma negociação de dívida amigável, proponha a sua condição de pagamento e só aceito o acordo caso as condições de pagamento estejam dentro do seu orçamento. Se a empresa não te der uma proposta agradável não aceite, explicaremos abaixo outros passos para limpar o nome.

Negociação de Dívidas e Juros Abusivos

Muitos juros e taxas que estão embutido nas dívidas são ilegais, é o caso de muitos financiamentos e dívidas que possuem taxas e juros abusivo, desnecessário. Com a negociação de dívida e retirada dos juros abusivos é possível baixa ainda mais a dívida e o valor das parcelas. Consulte o Procon para verificar se a sua dívida não possui taxas ou juros abusivos, caso exista, o próprio Procon formaliza a reclamação junto a empresa.

Negociação Judicial Juros Abusivos e Valores Divergentes

Se a sua dívida tem Juros Abusivos, valores abusivos, ou você desconhece tal dívida o melhor caminho é entrar com uma ação no Juizado Especial Civil, as empresas diante de uma determinação judicial ou um processo na justiça acabam abaixando o valor da dívida muitas vezes até inferior ao débito para sanar o processo judicial. Muitas pessoas recorrem a este meio para reduzir o valor das dívidas.

Nome Limpo na Hora

Se você fizer um acordo após o pagamento da primeira parcela do acordo seu nome deve ser retirado imediatamente dos órgãos de proteção ao crédito. Seu nome já deverá estar limpo. Procure não atrasar as parcelas do seu acordo pois se seu nome for incluso novamente nos órgão de proteção ao crédito a dívida é renovada e o prazo para a dívida caducar novamente começa a partir dali.

 

Esperar o nome Caducar

Muitos brasileiros não possuem condições de pagar a dívida, ou então não querem pagar os juros abusivos e nem esquentar a cabeça com a negociação. Aí resolvem esperar a dívida Caducar, após 5 (cinco) anos a dívida é prescrita e não pode mais ser cobrada judicialmente ou pelos órgãos de proteção ao crédito, o nome do consumidor fica limpo e ele já tem de volta o crédito no mercado. Mas lembre-se a dívida caduca mais continua existindo na empresa. Por exemplo se você tiver uma dívida caducada nas Casas Bahia, não conseguirá mais crédito nela, pois por sistemas interno a dívida continua existindo e não foi paga, então você entra numa espécie de cadastro negro dela e das empresas do grupo. Agora se você tentar comprar numa loja ou grupo diferente como o Magazine Luiza ou o Ponto Frio por exemplo o seu nome não terá nenhuma restrição e você poderá ter acesso a crédito.