A Credicard é uma das maiores administradoras de cartões de crédito do Brasil, emite diversos cartões voltados para diferentes perfis de consumidores. Hoje a Credicard é uma das que mais emite cartões aqui no Brasil. Vamos falar hoje sobre negociação, se você tem alguma dívida relacionada a algum cartão de crédito da Credicard e quer fazer um acordo de pagamento lhe explicaremos como entrar em contato com a administradora para sair no vermelho. Ninguém gosta de dever pra ninguém, mas ocorrem momentos difíceis na vida das pessoas, onde elas acabam não podendo pagar suas contas, a Credicard acredita que o melhor caminho é a negociação, por isso que ela possui canais exclusivos para fazer acordos de pagamentos com os clientes, tire seu nome dos órgãos de proteção ao crédito, a partir do pagamento da primeira parcela do acordo seu nome já é retirado dos órgãos de proteção ao crédito. Volte a ter crédito de novo fazendo um acordo com a Credicard.

Como fazer acordo

A Credicard possui telefones exclusivos para lhe atender e fazer a melhor proposta para negociação de suas dívidas, quer ficar com o nome limpo na praça de novo? Então entre em contato com a Credicard nos telefones abaixo da Central de Acordos e Cobranças:

4001-4693 | 4001-4695

0800-724-4693 | 0800-724-4695

 

Aceitar ou não o acordo oferecido?

Somente aceita a proposta oferecida se você considerar que ela é boa e que você pode pagar, caso contrário não aceite, pois se fizer um acordo de pagamento e não pagar a sua dívida é renovada nos órgãos de proteção ao crédito, pois ao fazer um acordo você está  refinanciando um saldo devedor, então fica a dica importante só aceite um acordo se o valor caber no seu orçamento.

 

Propostas abusivas

Caso considere que a proposta de pagamento seja abusiva e que o valor está muito alto para caber no seu orçamento, não aceite a negociação, procure o Procon da sua cidade pois ele poderá efetuar o cálculo para avaliar se o valor é ou não abusivo.  O Procon orienta os consumidores a só fazer acordos de pagamentos viáveis ao orçamento familiar, afinal a vida é feita de imprevistos.

Se o acordo oferecido não for um bom acordo, e você considere que não dá para pagar, não fique triste com o acontecido, espere quem sabe futuramente as condições financeiras melhore para você e o valor da dívida no futuro cai bastante.

E fique atento também as cobranças irregulares, a administradora não pode constranger o consumidor durante a cobrança, ameaçar ou envergonhar o consumidor. O Consumidor merece respeito!