INSSO INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) é uma entidade muito importante para os trabalhadores e trabalhadoras brasileiras, pois ele oferece vários auxílios como aposentadoria, pensão, afastamento por doenças entre outros. O INSS identifica seus beneficiários através do NIT (Número de Inscrição do Trabalhador) e também pelo PIS ou PASEP, se você já trabalhou registrado provavelmente já tem o registro, porém se você nunca trabalhou é possível mesmo assim fazer o cadastro no CNIS (Cadastro Nacional de Informações Sociais) e assim você poderá contribuir com o INSS de forma individual. O Cadastro é fácil e pode ser feito pela internet pelo sistema Dataprev do INSS.

Como se cadastrar no CNIS – NIT

Cadastre-se aqui no INSS
Se você ainda não possui cadastro, nunca trabalhou, o INSS disponibiliza pela internet o cadastro. Fazendo esse cadastro você terá um número no INSS ( que tem mesmo efeito de NIT, PIS, PASEP) e poderá contribuir com o INSS ficando assim segurado ao órgão também, pois é preciso garantir auxílio para aposentar-se, ou então caso você fique doente, etc.

Consulta NIT, PIS ou PASEP

Se você não se lembra no número do seu NIT, não tem problema. Acesse aqui, e recupere o seu número, preencha o formulário com o maior número de informações possíveis. Ao final será gerado o número do seu NIT, ou caso você já possua será informado que você já possui o número e o respectivo  será informado.

O NIT é um número e documento importante pois o CNIS (Cadastro Nacional de Informações Sociais) é necessário para que o trabalhador faça mensalmente sua contribuição ao INSS e é este número que será usado para consulta e para calcular a sua aposentadoria no futuro, pois o número identifica todas as contribuições feitas e o tempo de serviço usado para calcular o valor das contribuições e benefícios.

Todo trabalhador precisa contribuir com o INSS, se você não trabalha registrado, cadastre-se como contribuinte individual e faça a sua contribuição de acordo com a sua possibilidade de pagamento, assim você fica segurado e caso venha a ter algum problema no futuro poderá se “encostar” ou aposentar. Você pode contribuir com o valor mínimo, é fácil contribuir com o INSS. Muita gente para de trabalhar registrado e deixa de contribuir, com isso acaba ficando em déficit com o tempo de contribuição do INSS.