nota-fiscal-gauchaO Programa Nota Fiscal Gaúcha foi criado pelo Governo do Estado do Rio Grande do Sul para combater a sonegação de impostos (ICMS), ele foi inspirado no Programa Nota Fiscal Paulista do Estado de São Paulo. No Nota Fiscal Gaúcha o consumidor deverá se cadastrar e informar o CPF ou CNPJ em cada compra que realizar, a cada R$100,00 ele ganha um cupom para concorrer aos sorteios mensais com prêmios que variam de R$50,00 até 100mil reais, 500mil reais em datas comemorativas especiais e a partir de 2014 o Nota Fiscal Gaúcha desatribuirá um super prêmio anual no valor de um milhão de reais.

Como se cadastrar no Nota Fiscal Gaúcha

Por enquanto a orientação é que o consumidor apenas acumule pontos no seu CPF, para isso é só informar o seu CPF no momento da compra nos estabelecimentos que estão credenciados ao programa, em breve será disponibilizado o cadastro para consultar os pontos acumulados conforme os passos abaixo, fique tranquilo que só informando seu CPF seus pontos serão cadastrados no programa normalmente, o cadastro só serve para fazer o resgate, indicar entidade social ou para acompanhamento dos sorteios, então a dica é ir informando o seu CPF até que o governo disponibilize o cadastro para acompanhamento de pontos, quando esse cadastro for liberado você poderá visualizar todos os pontos obtidos e acumulados antes da efetivação do respectivo.

Acesse aqui o site oficial do Nota Fiscal Gaúcha
O Nota Fiscal Gaúcha diferentemente do Nota Fiscal Paulista não irá devolver ao consumidor parte do ICMS pago no momento da compra, o consumidor concorrerá aos sorteios mensais a cada R$100,00 em compras ganharão um cupom, os sorteios serão realizados pela Loteria Federal, a expectativa é que o programa distribua inicialmente R$ 20 milhões de reais em prêmios ao consumidor e mais R$ 20 milhões para as entidades e instituições de caridade.

Este tipo de programa tem dado muito certo em outros estados, o Estado de São Paulo foi o pioneiro a lançar o programa e que hoje faz muito sucesso, além de diminuir a sonegação de impostos o programa acaba beneficiando o consumidor devolvendo parte do imposto pago e também distribuindo prêmios em dinheiro para os consumidores. É fato que a intenção do governo com isso é diminuir a sonegação de impostos.
O Nota Fiscal Gaúcha diferentemente do Nota Fiscal Paulista funcionará de forma opcional para os estabelecimentos, ou seja, eles não serão obrigados a se credenciar ao programa. Porém acredita-se que o Governo ao longo da implementação do programa torne a emissão de notas do programa obrigatória, já que isso reduzirá e muito a sonegação de impostos se comparados com a emissão opcional.