carteira-de-trabalhoO número de processos que tramitam na justiça trabalhista é cada vez maior, as reclamações ex funcionários de empresa na maioria das vezes estão relacionadas com falta de pagamento de horas extras, equiparação salarial, pagamento feito em atraso pela empresa ou incorreto, empregador que descrimina o emprego, falta de condições de trabalho, demissão sem justa causa, entre outros. A maioria dos processos trabalhistas acaba sendo favorável ao executor da ação, os pedidos de indenização são muito frequentes e na maioria das vezes se tiver parâmetro legal da denúncia ou reclamação o juiz acaba sendo favorável e obrigando a empresa a pagar todas as verbas ou indenizações determinadas pelo judiciário.

Hoje vamos falar aqui como você pode colocar a empresa que você trabalhou na justiça, afinal é um direito seu garantido por lei. Se você se sentiu prejudicado por uma empresa não importa qual seja o motivo de sua reclamação entre com um processo na justiça pois você pode receber um bom dinheiro de indenização dependendo do problema e da gravidade do processo.

Colocar ou não empresa que trabalhei na justiça?

Esta é uma das maiores dúvidas e medos dos trabalhadores, isso porque se você colocar a empresa que trabalhou na justiça certamente irá perder a indicação para um posterior serviço, pois quando ligarem no seu empregador antigo ele pode não recomendá-lo. No entanto se o problema for grave e você já estiver empregado é recomendado que você procure sim seus direitos, pois você não está errado processando sua empresa caso existam motivos com fundamento para tal. O que não é muito recomendado é colocar empresas na justiça com a única finalidade de conseguir uma indenização.
Se considerar que a empresa anterior foi justa com você não mova nenhuma ação trabalhista, já para o caso de se sentir prejudicado, descriminado pelo empregador, não pense duas vezes. Afinal você irá conseguir um outro emprego no futuro e poderá ser ressarcido ao final do processo pelos danos causados.

Como processar empresa – Ação Trabalhista

Para mover uma ação trabalhista o trabalhador não precisa necessariamente pagar um advogado do próprio bolso caso ele não tenha dinheiro. Ele pode recorrer a um Defensor Público que é um Advogado nomeado pelo estado para cuidar do seu processo trabalhista.
Outra opção é procurar advogados especializados nesse tipo de processo, a maioria deles só cobra depois que o processo estiver ganho, no entanto eles costumam cobrar um porcentagem maior da indenização trabalhista já que não recebeu por honorários anteriormente.

Documentos Necessários:

  • RG
  • CPF
  • Carteira de Trabalho
  • Comprovante de Pagamento da empresa que trabalhou, se possível todos.
  • Contrato de Trabalho
  • Rescisão do Contrato de Trabalho
  • Certidão de nascimento dos filhos ( caso possua )
  • Provas que poderão ser úteis ao processo.

O ideal em alguns processos é ter uma testemunha que trabalhou com você e pode confirmar os fatos. No entanto não é obrigatório, devido a dificuldade de encontrar pessoas dispostas a se comprometer como testemunha.

Consulte um advogado para informar melhor sobre o quanto provavelmente você tem direito a receber de indenização. No entanto é preciso cuidado na escolha de um advogado.