rep-ponto-eletronicoO Ponto é um equipamento usado nas empresas para registrar o horário de entrada e saída de seus funcionários, através dele o empregador consegue calcular se o funcionário está chegando e saíndo no horário certo, bem como consegue realizar o cálculo de horas extras caso o funcionário fica mais tempo que a sua carga horária usual. O equipamento já passou por grandes transformações ao longo dos anos, o primeiro ponto era constituído de um relógio na qual o funcionário colocava um cartão de cartolina na qual o funcionário inseria no dispositivo na qual era impressa a data e o horário, esse tipo de ponto foi muito utilizado por muito tempo.

Com a chegada da tecnogia o ponto foi inovando, um dispositivo na qual o funcionário passava um cartão magnético com código de barra foi usado por um longo período também, até pouco tempo atrás muitas empresas a utilizavam. Porém o dispositivo foi deixando de ser utilizado por conta da fraude de cartões que o sistema possibilitava, outro funcionário poderia bater ponto por um funcionário, o que em empresas muito grande é difícil de se fiscalizar. Então as empresas começaram a usar um ponto ainda mais tecnológico, o com Leitor de Digital, com esse ponto o trabalhador inseria o dedo no leitor que fazia a leitura da digital e contabilizava o horário de entrada e saída em sistema.

2012 – Ponto Eletrônico Digital

O REP (Registrador Eletrônico de Ponto) foi uma nova determinação do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) e com base na Lei: 1.510/2009 essa portaria obriga as empresas com mais de 10 funcionário a utilizarem um Ponto Eletrônico Digital com impressão de comprovante em papel para o funcionário. Ou seja o trabalhador irá registrar o ponto por meio de digital ou outra tecnologia eletrônica e recebe na hora um comprovante para guardar consigo.

Para muitos o ponto eletrônico com emissão de comprovante é um retrocesso pois além de obrigar o emprega a guardar os comprovantes impressos, ele ainda fará muito mal ao meio ambiente já que muito papel terá que ser utilizado pelas empresas nesses equipamentos, o que se for contar em caracter nacional, significará um aumento no consumo de papel o que não é nada ecológico.

Para o trabalhador a nova Lei do Ponto Eletrônico vem para ajudar, já que muitos processos trabalhistas tem haver com a carga horária de trabalho e com horas extras. Porém como o trabalhador não tinha prova ou as empresas adulteravam esses dados o processo ficava mais complicado por não ter provas por parte do trabalhador. Agora o trabalhador poderá guardar esses comprovantes e se no futuro precisar processar a empresa ou questionar horas extras pagas ele poderá usar os comprovantes como prova.

Quanto Custa o Relógio Ponto Digital com emissão de comprovante

O Registrador Eletrônico de Ponto ( REP ) Custa de R$990,00 até R$5.000,00 dependendo do modelo escolhido. O preço mais comum e de equipamentos de boa qualidade e de uma marca confiável custa em torno de R$2.000,00 é um custo caro que para muitas empresas vai significar um prejuízo não só na aquisição do equipamento mais no abastecimento com papel para os comprovantes dos empregados.