cartao-bolsa-familiaO Bolsa Família é um programa de distribuição de renda que foi criado pelo Governo Lula, ele tem como objetivo tirar as famílias da linha da miséria oferecendo uma ajuda de custo para as necessidades básicas de uma família. O valor do benefício pode chegar até R$250,00 por família, esse valor é pago por meio de um cartão de débito emitido pela Caixa Econômica Federal. Abaixo vamos relacionar as famílias que tem direito a receber o Bolsa Família do Governo Federal, vamos colocar também os critérios para a realização do cadastro que é feito pelo município através do Cadastro Único de programas sociais do governo federal.

Quem tem direito:

Famílias com renda de até R$140,00 por pessoa (per capita). Confira abaixo como efetuar o cálculo:
Some a renda de toda a família, divida este valor pelo número de pessoas que moram na residência incluindo as crianças. Por exemplo, em uma casa de 9 pessoas onde só o pai trabalha e recebe R$800,00 por mês a renda por pessoa será de R$88,88 sendo assim ela estará apta a se inscrever no Bolsa Família do Governo Federal. Além do critério de renda é necessário que a família tenha em sua composição: gestantes, nutrizes, crianças ou adolescentes de 0 a 17 anos de idade.

Como não perder o Bolsa Família:

Para não perder o Bolsa Família é necessário que a família cumpra algumas obrigações como: manter as crianças na escola com frequência mínima de 85%, carteira de vacinação dos filhos sempre em dia, acompanhamento frequente do desenvolvimento das crianças de até 7 anos.

Como se cadastrar no Bolsa Família

Cada município possui um departamento específico para cadastramento nos programas sociais do Governo Federal, estes na maioria das vezes são denominados CRAS, consulte a sua prefeitura para ver quais locais são realizadas os cadastros do Bolsa Família na sua cidade.

Para fazer o cadastro é necessário que o representante da família apresente toda a documentação de todos que moram na residência como carteira de trabalho, comprovante de renda, carteira de vacinação, comprovante de matrícula escolar caso tenham crianças em idade escolar e também será necessário fazer o CadÚnico (Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal) caso você não possua o próprio órgão se encarrega de fazer a inscrição.

Apesar do valor pago pelo Bolsa Família ser relativamente baixo ele ajuda muito a família a sair da linha da miséria. As famílias inscritas também são acompanhadas por assistentes sociais e podem participar de programas de aperfeiçoamento e inclusão no mercado de trabalho.